Celebrando os primeiros 20 anos da Huawei no Brasil: Dr. Howard Liang, Chairman da Huawei, discute a nova era para a economia digital

Em 1876, Alexander Bell inventou o telefone. Apenas alguns meses depois, Dom Pedro II trouxe o telefone para o Brasil, tornando-se assim um dos primeiros países a oferecer serviços de telefonia. Nos últimos 20 anos, com a privatização do setor de telecomunicações brasileiro, esse setor começou a se desenvolver rapidamente. A Huawei, fornecedora líder global de soluções de TIC, foi uma das principais contribuidoras para esse desenvolvimento, sempre enfatizando que está no Brasil, para o Brasil.

2018.06.11

No dia 6 de junho, o Chairman da Huawei, Dr. Howard Liang, visitou o Brasil para participar dos eventos de comemoração do 20º ano da Huawei no País. Ele discursou no Digital Transformation Summit, apresentando suas ideias sobre tendências e oportunidades para o Brasil.

Dr. Liang destacou que a Huawei se estabeleceu no Brasil e trabalhou para o crescimento da indústria e do ecossistema como uma empresa cidadã socialmente responsável. Ele também ressaltou que a Huawei está no Brasil para o Brasil, mirando no longo prazo.

Falando sobre os esforços da Huawei no País, dr. Liang afirmou que "a Huawei trabalhou com operadoras de telecomunicações para conectar mais de dois terços da população brasileira, além de ajudar o governo brasileiro e instituições públicas a se digitalizar. A companhia também foi responsável por fornecer garantias de redes fortes para grandes competições e eventos esportivos, além do tradicional carnaval brasileiro".

No Brasil, para o Brasil

A Huawei dedica-se a estar sempre presente quando o Brasil precisa dela. O povo brasileiro adora esportes e adoramos tornar esses eventos possíveis por meio de redes seguras e confiáveis.

Falando sobre o que é preciso para transformar esses eventos em realidade, o dr. Liang disse: "Na verdade, não é fácil organizar comunicações para um grande evento esportivo. Basta pensar em quantas pessoas confiam nessas redes para aproveitar o jogo. É necessário implementar mais de cem tipos diferentes de equipamentos: nossas equipes de especialistas trabalham em estreita colaboração com os clientes dia e noite no local durante os eventos".

Segundo o dr. Liang, “a Huawei passou por muitos momentos inesquecíveis nos últimos 20 anos, e esses momentos se fundem com a história da Huawei no Brasil”. Como a tecnologia e a infraestrutura digital de TIC são amplamente aplicadas em todos os setores, o dr. Liang vê o impacto do crescimento dessa tecnologia. As indústrias serão redefinidas, impulsionando o crescimento econômico e elevando os padrões de vida em todos os lugares.

Três principais tendências

O dr. Liang apontou que a economia digital está entrando em uma nova era de desenvolvimento em escala global. Em seus comentários, ele descreveu três grandes tendências e oportunidades para o avanço do Brasil.

A primeira tendência é que tudo vai para a nuvem. Enquanto isso está acontecendo, existem grandes oportunidades para o desenvolvimento de serviços em nuvem e na nuvem no Brasil. O dr. Liang enfatizou que é importante dar atenção estratégica a essas oportunidades e trabalhar para aproveitá-las.

A segunda tendência é que todas as coisas se conectem e sejam sensíveis. "De pessoas para pessoas, de pessoas para coisas e de coisas para as coisas, todos serão conectados", explicou dr. Liang. "Isso inclui serviços públicos, transporte, manufatura, saúde, agricultura e finanças. A digitalização da indústria tem um enorme espaço para desenvolvimento no Brasil."

A terceira tendência é que as empresas estão realmente começando a aproveitar o valor dos dados por meio da digitalização. Aqueles que fazem melhor análise de dados receberão mais valor em troca. Com melhorias constantes em dados, algoritmos e poder de computação, os dados também serão melhores e melhor gerenciados.

Olhando para uma nova era

De acordo com dr. Liang, essa nova era de desenvolvimento na economia digital apresenta novas oportunidades para o Brasil. Sobre esse ponto, o chairman acrescentou que "a infraestrutura de TIC terá um papel fundamental em ajudar o Brasil a aproveitar essas oportunidades. À medida que as indústrias se tornarem digitais, novas oportunidades de desenvolvimento surgirão, o que dará um novo impulso ao desenvolvimento econômico no Brasil".

Dr. Liang descreveu o plano da Huawei dizendo que "vamos ajudar o Brasil a ser digital com infraestrutura de TIC". A Huawei continuará investindo em tecnologias digitais como nuvem, 5G, big data e inteligência artificial, incluindo a construção de plataformas de infraestrutura de TIC que promovem maior sinergia entre dispositivos, redes e a nuvem, além de fornecer serviços da mais alta qualidade ao Brasil como um parceiro-chave na infraestrutura de TIC e na digitalização do setor.

“Nossos parceiros de ecossistema no Brasil, de todos os setores, podem inovar e crescer no sólido ambiente de negócios criado pela Huawei. Juntos, estamos construindo um ecossistema industrial favorável e impulsionando o crescimento econômico e o desenvolvimento social”, acrescentou o chairman.

Você pode conferir o discurso completo aqui.